Social Representations of the Media on Celebrity-Manager's Performance in an Unsuccesful Merger Strategy

Ananda Silva Singh, Ana Beatriz Murillo Oviedo, Jacquelaine Florindo Borges, Murilo Junqueira

Abstract


Purpose: To analyze how the social representations of the media about a celebrity manager are configured before, during and after the process of an unsuccessful merger attempt. The research was based on studies on celebrity managers, strategist managers and merger and acquisition processes, social representations and the media.

Methodology / approach: Techniques of media research, internet research and documentary research were used to collect reports published by the media. From a qualitative and longitudinal approach, we performed a thematic analysis of the content of these reports.

Originality / Relevance: No studies were found addressing the way social representations develop before, during and after a merger process.

Results: This research showed that representations of celebrity manager Abilio Diniz, built by the media before, during and after the process of an unsuccessful attempt to merge Pão de Açúcar with Carrefour, changed throughout the process.

Theoretical / methodological contributions: A psychosociology approach to the roles and behaviors of celebrity managers opens the possibility of studying both the symbolic, historical, cultural and political dimensions of the archetypes that guide strategic leadership.

Social / managerial contributions: The research showed the dynamic and collective nature of the celebrity manager's social representations in the media, which guide participants and the managers' own actions and practices in merger and acquisition processes.


Keywords


Estrategista; Fusões e aquisições; Gestor-celebridade; Representações sociais

References


Abilio Diniz. Biografia. Disponível em: http://abiliodiniz.com.br/trajetoria/biografia/. Acesso em: 10 dez. 2015.

Adamson, M. (2017). Postfeminism, neoliberalismo and a ‘successfully’ balanced femininity in celebrity CEO autobiographies. Gender, Work and Organization, 24(2), 314-327.

Adamson, M. & Kelan, Elizabeth K. (2018). ‘Female heroes’: Celebrity executives as postfeminist role models. British Journal of Management, 00(1-16), 1-16.

Alexandre, M. (2001). O papel da mídia na difusão das representações sociais. Comum. Rio de Janeiro, 6 (17): 111-125.

Baiardi, A. & Laniado, R. N. (1999). O empresariado como temática de estudo. Organizações & Sociedade, 6 (15): 25-34.

Bardin, L. (2009). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Barros, B. T.; Souza, H. H. R. F. & Steuer, R. (2003). Gestão nos processos de fusões e aquisições. In: Barros, B. T. de. Fusões e aquisições no Brasil: entendendo as razões dos sucessos e fracassos. São Paulo: Atlas.

Bauer, M. W. (2010). Análise de conteúdo clássica: uma revisão. In. Bauer, M. W. & Gaskell, G. Pesquisa Qualitativa com texto, imagem e som. Petrópolis: Vozes.

Brealey, R. A., Myers, S. C. & Allen, F. (2008). Princípios de Finanças Corporativas. São Paulo: Mc Graw Hill.

CartaCapital (2014). Abilio Diniz inspira-se na determinação exigida dos maratonistas. Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/mais-admiradas/abilio-diniz-inspira-se-na-determinacao-e-no-equilibrio-exigidos-dos-maratonistas-6185/. Acesso em: 10 Out. 2019.

Cavalcanti, M. (2014). Abilio já é quarto maior acionista do Carrefour, diz jornal. Disponível em: https://exame.abril.com.br/mercados/abilio-ja-e-quarto-maior-acionista-do-carrefour-diz-jornal/. Acessado em: 10 out. 2019.

Cellard, A. (2014). Pesquisa documental. In. Poupart, J. et al. A pesquisa qualitativa Petrópolis, RJ: Vozes.

Consultoria Deloitte (2013). Disponível em: . Acesso em: 22 jul. 2016.

Copeland, T., Koller, T., Murrin, J. (2002). Avaliação de empresas: calculando e gerenciando o valor das empresas. São Paulo: Makron Books.

Correa, C. (2015). Abilio: determinado, ambicioso, polêmico. Rio de Janeiro: Primeira Pessoa.

Correa, C. (2015). Abilio Diniz: por dentro da mente do maior empresário do varejo no Brasil. Disponível em: http://epocanegocios.globo.com/ Informacao/Visao/noticia/2015/10/qual-e-o-proximo-lance-abilio.html. Acesso em: 14 dez. 2015.

Denzin, N. K. & Lincoln, Y. S. Pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Artmed, 2010.

Diniz, A. (2004). Abilio Diniz: caminhos e escolhas. Rio de Janeiro: Elsevier.

Época Negócios On-Line (2014). Abilio Diniz compra 10% do Carrefour no Brasil. Disponível em: https://epocanegocios.globo.com/Informacao/Acao/noticia/2014/12/abilio-diniz-compra-10-do-carrefour-brasil.html. Acesso em: 21 Out. 2019.

Frabasile, D. (2016). As lições de Abilio Diniz para ser bem-sucedido. Disponível em: http://epocanegocios.globo.com/Carreira/noticia/2016/10/licoes-de-abilio-diniz-para-ser-bem-sucedido.html. Acesso em: 18 Out. 2019.

Fragoso, S., Recuero, R. & Amaral, A. (2015). Métodos de pesquisa para internet. Porto Alegre, Sulina.

Friedlander, D. (2012). Abilio Diniz tenta manter influência no Pão de Açúcar. Disponível: https://exame.abril.com.br/negocios/abilio-diniz-tenta-manter-influencia-no-pao-de-acucar/. Acesso em: 10 Out. 2019.

Grando, J. W., Agostini, R, & Vaz, T. (2011). A maior disputa de Abilio. Disponível em: https://exame.abril.com.br/revista-exame/a-maior-disputa-de-abilio/. Acessado em: 10 Out. 2019.

Hapeslagh, P. C., Jemison, D. B. (1987). Acquisitions − Myths and reality. Sloan Management Review, 28(2), 53-65.

Hayward, M., Rindova, V. P. & Pollock, T. G. (2004). Believing one’s own press: the causes and consequences of CEO Celebrity. Strategic Management Journal, 25(7), 637-653.

Heau, D. (2001). Mania de fusões. In: Barros, B. T. de (Org.) Fusões, aquisições & parcerias. São Paulo: Atlas.

Howarth, C. A. (2006). Social representation is not a quiet thing: exploring the critical potential of social representations theory. British Journal of Social Psychology, 45 (1): 65-86.

Jodelet, D. (2017). Representações sociais e mundos de vida. Curitiba: PUCPRess.

Jodelet, D. (2001). Representações sociais: um domínio em expansão. In: Jodelet, D. (Org.). As representações sociais. Rio de Janeiro: EdUERJ.

Juliboni, M. (2011a). Acostumado a vencer disputas aguerridas, dono do Pão de Açúcar subestimou as resistências à fusão com o Carrefour. Disponível em: https://exame.abril.com.br/negocios/como-abilio-diniz-sofreu-sua-primeira-grande-derrota/. Acesso em: 10 Out. 2019.

Juliboni, M. (2011b). “Benefícios do negócio são enormes”, diz Abílio Diniz em nota. Disponível em: https://exame.abril.com.br/negocios/beneficios-do-negocio-sao-enormes-diz-abilio-diniz-em-nota/. Acessado em: 10 Out. 2019.

Ketchen Jr., D, Adams, G. & Shook, C. L. (2008). Understanding and manging CEO celebrity. Business Horizons, 51(6), 529-534.

KPMG Corporate Finance. Pesquisa de fusões e aquisições 2011− 4º trimestre: espelho das transações realizadas no Brasil. Disponível em: , Acesso em: 20 jun. 2015.

Laroche, H. (1995). From decision to action in organizations: decision-making as a social representation. Organization Science, 6 (1): 62-75.

Lovelace, J. B., Bundy, J., Hambrick, D. C. & Pollock, T. G. (2018). Academy of Management Review, 43(3), 419-444.

Mano, C. & Bautzer, T. (2013). “Meu DNA vai comigo para onde eu for”, declara Abilio Diniz. Disponível em: https://exame.abril.com.br/revista-exame/meu-dna-vai-comigo-declara-abilio/. Acesso em: 10 Out. 2019.

Mano, C., Agostini, R. & Grando, J. W. (2013). O homem que venceu Abilio (por enquanto). Disponível em: http://exame.abril.com.br/revista-exame/o-homem-que-venceu-abilio-por-enquanto/. Acesso em: 21 Out. 2019..

Manzoni, R. Naouri. (2012). O novo dono do Pão de Açúcar. Disponível em: http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/87344_NAOURI+O+NOVO+DONO+DO+PAO+DE+ACUCAR. Acesso em: 20 Out. 2019.

Marks, M. L. & Mirvis, P. H. (2010). Joining forces: Making one plus one equal three in mergers, acquisitions, and alliances. San Francisco: Jossey-Bass.

Martinez, C. (2014). Entrada à francesa. Disponível em: http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Acao/noticia/2014/12/entrada-francesa.html. Acesso em: 17 Out. 2019.

Montgomery, C. (2012), O estrategista. Rio de Janeiro: Sextante, 2012.

Moscovici, S. (2007). Representações sociais: investigações em psicologia social. Petrópolis, RJ: Vozes.

Olivon, B. (2011). Reputação de Abilio depende agora do Carrefour. Disponível em: https://exame.abril.com.br/negocios/reputacao-de-abilio-depende-agora-do-carrefour/. Acesso em: 10 Out. 2019.

Portal G1. (2011). Saiba mais sobre a proposta de fusão entre Pão de Açúcar e Carrefour. Disponível em: http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2011/06/saiba-mais-sobre-proposta-de-fusao-entre-pao-de-acucar-e-carrefour1.html. Acesso em: 22 jul. 2015

Priest, S. H. (2011). Pesquisa de mídia. Porto Alegre: Penso.

Rindova, V. P., Pollock, T. G. & Hayward, M. L. A. (2006). Celebrity firms: the social construction of market popularity. Academy of Management Review, 31 (1), 50-71.

Rocha, L. F. (2014). Teoria as representações sociais: a ruptura de paradigmas das correntes clássicas das teorias psicológicas. Psicologia: Ciência e Profissão, 34 (1): 46-65.

Scaramuzzo, M. (2015a). Um retrato das crises e vitórias de Abilio Diniz. Disponível em: http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,um-retrato-das-crises-e-vitorias-de-abilio-diniz--imp-,1728350. Acesso em: 20 de Out. 2019.

Silverman, D. (2009). Interpretação de dados qualitativos: métodos pra análise de entrevistas, textos e interações. Porto Alegre: Artmed.

Sinha, P. N., Inkson, K. & Barker, J. R. (2012). Committed to a failing strategy: clebrity CEO, intermediaries, media and stakeholders in co-created drama. Organization Studies, 33(2), 223-245.

Tanure, B. & Cançado, V. L. (2005). Fusões e aquisições: aprendendo com a experiência brasileira. Revista de Administração de Empresas − RAE, 45(2), 10-22.

VEJA (2011a). Abilio Diniz parte para ao taque contra Casino. Disponível em: Disponível em: https://veja.abril.com.br/economia/abilio-diniz-parte-para-o-ataque-contra-o-casino/. Acesso em: 20 Out 2019.

VEJA (2011b). Fusão entre Pão de Açúcar e Carrefour Brasil é suspensa. Disponível em: https://veja.abril.com.br/economia/fusao-entre-pao-de-acucar-e-carrefour-brasil-e-suspensa/ Acesso em: 20 Out 2019.

VEJA (2011c). Em reunião, Casino se posiciona oficialmente contra fusão. Disponível em: https://veja.abril.com.br/economia/em-reuniao-casino-se-posiciona-oficialmente-contra-fusao/.Acesso em: 20 Out 2019.

VEJA (2014). Abilio pagará R$ 250 mil para encerrar processo na CVM. Disponível em: https://veja.abril.com.br/economia/abilio-pagara-r-250-mil-para-encerrar-processo-na-cvm/. Acesso em: 20 Out 2019.

Zavyalova, A., Pfarrer, M. D. & Reger, R. K. (2017). Celebrity and infamy? The consequences of media narratives about organizational identity. Academy of Management Review, 42(3), 461-480.

Wood, T., Vasconcelos, F. C. & Caldas, M. P. (2004). Fusões e aquisições no Brasil. RAE Executivo, 2 (4): 41-45.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.




Iberoamerican Journal of Strategic Management  e-ISSN: 2176-0756

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional