Public Management: Formation of a Constructivist Model to Support the Virtual School of Public Administration of Santa Catarina in Combating the Evasion of Distance Learning

Sandra Rolim Ensslin, Barbara Gonçalves Amaral, Sandra Mara Iesbik Valmorbida, Ademar Dutra

Abstract


Objective: We aimed to form a constructivist model that subsidizes the management of the Moodle site of training courses offered by the Virtual School of Public Administration of the State of Santa Catarina (SEA-SC), with regard to combating the evasion of registered students.Methodology / Approach: We adopted Multi-criteria Decision Support-Constructivist methodology (MDSC) to support the construction of the model based on the decision-makers’ perspective (School Director and SEA Administrator).  For the selection of the theoretical contribution, we used the Knowledge Development Process-Constructivist (ProKnow-C). An epistemological constructivism approach was adopted.Originality / Relevance: In the current literature on distance training, there is a gap in the process to evaluate an evasion in these courses and, consequently, to aid the decision-making process of its managers and planners.Main results: Based on the knowledge generated by the managers, we found: (i) 13 aspects were considered necessary to evaluate the performance of the training courses, via the Moodle site, and for these, ordinal scales were constructed and their reference levels have been defined; (ii) the status quo in the 13 indicators of the ad hoc model was identified; (iii) the ‘Evasion Management’ area evidenced the need for improvement actions in these aspects: simultaneous tutorials and inscriptions in multiple courses; and (iv) some variances between the aspects (indicators) proposed in the literature and those considered relevant by managers; characteristic of investigations guided by the qualitative approach and constructivist epistemology.Theoretical / Methodological Contribution: This article presents the duality about the understanding of the process and the avoidance factors of the training courses between literature and empirical perception.  We identified that conducting constructivist bases by considering the values, goals and perceptions of the context can result in a legitimate (model) instrument.

Keywords


Public Management. Evasion. Training. Distance Learning. Constructivist Approach.

References


Albertin, A. L., & Brauer, M. (2012). Resistência à educação a distância na educação corporativa. Revista de Administração Pública-RAP, 46(5), 1367-1389.

Amaral, B. G., Ensslin, S. R., Valmorbida, S. M. I. & Dutra, A. (2017). Avaliação de Desempenho de servidores públicos: O que a literatura nos ensina? Artigo apresentado no I Congresso Internacional de Desempenho do Setor Público, Florianópolis, 2017, Santa Catarina, Brasil, 697-721.

Alstete, J. W. (2001). Alternative uses of electronic learning systems for enhancing team performance. Team Performance Management: An International Journal, 7(3/4), 48-52.

Amorim, S. S., & Dalmau, M. B. L. (2006). Análise dos programas de educação corporativa relacionados à missão de uma organização: um estudo de caso no SENAC/SC. Revista de Ciências da Administração, 8(16), 242-259.

Back, F. T. E. E., Ensslin, L., & Ensslin, S. R. (2012). Modelo para apoiar a gestão da alocação de pessoas com base na demanda de conhecimento. Revista de Gestão e Projetos-GeP, 3(2), 65-96.

Bortoluzzi, S. C., Silva, M., R., Ensslin, S. R., & Ensslin, L. (2013). Estruturação de um modelo de Avaliação de Desempenho para a gestão do curso de Ciências Contábeis, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, 7(1), 36-57.

Brito, M. Y., Ziviani, F., Oliveira Lima, J. L. R., Oliveira, R., Magalhães, J. M. M. C. M., & Christino, C. (2013). Estudo sobre a importância da capacitação do servidor administrativo do Hospital das Clínicas, da Universidade Federal de Goiás. RAHIS, 10(2), 65-80.

Cação, R. (2017). Motivational Gaps and Perceptual Bias of Initial Motivation Additional Indicators of Quality for e-Learning Courses. Electronic Journal of e-Learning, 15(1), 3-16.

Carraro, W. B. W. H., Souza, M., & Behr, A. (2017). Distance education tools used by accounting professionals for continuing education. Revista Edapeci-Educação a distância e Práticas Educativas Comunicacionais e Interculturais, 17(2), 144-160.

Carvalho, L. M. (2014). Educação corporativa e desempenho estratégico. Revista de Administração FACES Journal, 13(3), 66-85.

Cerveró, R. M. (2001). Continuing professional education in transition, 1981? 2000. International Journal of Lifelong Education, 20(1-2), 16-30.

Dias, C. A. F., & de Albuquerque, L. G. (2014). Panorama da avaliação de resultados em educação corporativa no Brasil. Revista de Administração FACES Journal, 13(1), 104-123.

Dias, D. M., & Guimarães, M. D. G. V. (2016a). Avaliação da capacitação profissional na prefeitura de Manaus. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração, 10(3), 42-59.

Dias, D. M., & Guimarães, M. D. G. V. (2016b). Avaliação do impacto da capacitação profissional administrada na prefeitura de Manaus por meio da aplicação do modelo Impact. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, 6(1), 200-222.

Donavant, B. W. (2009). The new, modern practice of adult education: Online instruction in a continuing professional education setting. Adult Education Quarterly, 59(3), 227-245.

Dutra, A., Ripoll-Feliu, V. M., Fillol, A. G., Ensslin, S. R., & Ensslin, L. (2015). The construction of knowledge from the scientific literature about the theme seaport performance evaluation. International Journal of Productivity and Performance Management, 64(2), 243-269.

Ensslin, L., Dutra, A., Ensslin, S. R., Krüger, A. C., & Gavazini, A. A. (2017). Avaliação Multicritério de Desempenho: o caso de um Tribunal de Justiça. Cadernos Gestão Pública e Cidadania, 22(71), 59-84.

Ensslin, L., Dutra, A., Martins, R. P., & Dezem, V. (2016). Modelo Construtivista para Apoiar o Processo de Gestão da Universidade Federal de Tocantins. Revista Ibero-Americana de Estratégia, 15(2), 122-129.

Ensslin, S. R., Dutra, A., Duarte, C. S., Bortoluzzi, S. C., & Ripoll-Feliu, V. M. (2014). A Avaliação de Desempenho como proposta para gestão das equipes do programa brasileiro “Estratégia da Saúde da Família” (ESF). Revista Gerencia y Políticas de Salud, 13(26), 9-25.

Ensslin, S. R., Ensslin, L., Back, F., & Lacerda, R. T. O. (2013). Improved decision aiding in human resource management: a case using Constructivist Multi-Criteria Decision Aiding. International Journal of Productivity and Performance Management, 62(7), 735-757.

Ensslin, L., Giffhorn, E., Ensslin, S. R., Petri, S. M., & Vianna, W. B. (2010). Avaliação do Desempenho de empresas terceirizadas com o uso da metodologia Multicritério de Apoio à Decisão-Construtivista. Pesquisa Operacional, 30(1), 125-152.

Ensslin, S. R., Carvalho, F. N., Gallon, A. V., & Ensslin, L. (2008). Uma metodologia Multicritério (MCDA-C) para apoiar o gerenciamento do capital intelectual organizacional. RAM. Revista de Administração Mackenzie, 9(7), 136-163.

Ensslin, L., Dutra, A., & Ensslin, S. R. (2000). MCDA: a Constructivist approach to the management of Human Resources at a governmental agency. International transactions in operational Research, 7(1), 79-100.

Gavazini, A. A., & Dutra, A. (2016). Avaliação Multicritério de Desempenho do servidor público: o caso do Poder Judiciário. ReCaPe- Revista de Carreiras e Pessoas, 6(2), 158-174.

Gil, A. J., & Mataveli, M. (2016). Rewards for continuous training: a learning organization perspective. Industrial and Commercial Training, 48(5), 257-264.

Ghedine, T., Testa, M. G., & Freitas, H. M. R. D. (2006). Compreendendo as iniciativas de educação a distância via internet: estudo de caso em duas grandes empresas no Brasil. Revista de Administração Pública, 40(3), 427-455.

Ghedine, T., Testa, M. G., & Freitas, H. M. R. (2008). Educação a distância via internet em grandes empresas brasileiras. RAE-Revista de Administração de Empresas, 48(4), 49-63.

Gonzalez, R. A., do Nascimento, J. G., & Leite, L. B. (2016). Evasão em cursos a distância: um estudo aplicado na Universidade Corporativa da Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia. Revista do Serviço Público, 67(4), 627-648.

Hajoj, I. A., Nascimento, E. R., Frota, C. D., & Luz, I. B. (2016). Educação Corporativa: Estudos de caso de uma organização em Manaus. Amazônia, Organizações e Sustentabilidade, 5(1), 65-86.

Halpin, R., Curtis, P., & Halpin, M. (2015). Assessing participant performance in online professional development training programs. Procedia-Social and Behavioral Sciences, 174, 186-193.

Hamtini, T. M. (2008). Evaluating e-learning programs: An adaptation of Kirkpatrick’s model to accommodate e-learning environments. Journal of Computer Science, 4(8), 693-698.

Igarashi, D. C. C., Paladini, E. P., & Ensslin, S. R. (2007). A Metodologia Multicritério de Apoio à Decisão-Construtivista como subsídio para o gerenciamento interno: Estudo de caso no PPGC/UFSC. Organizações & Sociedade, 14(42), 133-149.

Ismail, J. (2001). The design of an e-learning system: Beyond the hype. The Internet and Higher Education, 4(3-4), 329-336.

Lee, M. C. (2010). Explaining and predicting users’ continuance intention toward e-learning: An extension of the expectation-confirmation model. Computers & Education, 54(2), 506-516.

Lai, H. J. (2011). The influence of adult learners’ self-directed learning readiness and network literacy on online learning effectiveness: A study of civil servants in Taiwan. Journal of Educational Technology & Society, 14(2), 98-106.

Lima, G. C. D., & Feitosa, M. G. G. (2011). Educação a distância e suas peculiaridades: Uma análise da aplicação no ambiente público. Sociedade, Contabilidade e Gestão, 6(3), 55-66.

Longaray, A., Ensslin, L., Ensslin, S. R., Alves, G., Dutra, A., & Munhoz, P. (2018). Using MCDA to evaluate the performance of the logistics process in public hospitals: the case of a Brazilian teaching hospital. International Transactions in Operational Research, 25(1), 133-156.

Lyrio, M. V. L., Brotti, V., Ensslin, S. R., & Ensslin, L. (2009). Proposta de um modelo para avaliar o grau de transparência das demonstrações financeiras publicadas por uma Instituição Pública de Ensino Superior Brasileira: a abordagem da Metodologia Multicritério de Apoio à Decisão-Construtivista. Contabilidade, Gestão e Governança, 11(1-2), 170-186.

Lyrio, M. V. L., Dutra, A., Ensslin, S. R., & Ensslin, L. (2007). Construção de um Modelo de Avaliação de Desempenho da Secretaria de Desenvolvimento Regional da Grande Florianópolis: a proposta da metodologia Multicritério de Apoio à Decisão-Construtivista. Contextus-Revista Contemporânea de Economia e Gestão, 5(2), 31-40.

Matte, L. I., & Coronel, D. A. (2015). Um modelo para o levantamento das necessidades de capacitação de servidores: um estudo na Universidade Federal de Santa Maria. Revista Reuna, 19(5), 15-38.

Medeiros da Rosa, M., Ensslin, S. R., Petri, S. M., & Ensslin, L. (2015). Avaliação de Desempenho de Políticas Públicas: Construção do Conhecimento com Base na Literatura Internacional. Revista Ibero-Americana de Estratégia, 14(3), 110-130.

Mello, F. F. Jr., Neto Moretto, L., & Klaes, L. S. (1999). Educação a distância: notas sobre a aprendizagem profissional a distância. Revista de Ciências da Administração,1(1), 43-52.

Moscardini, T., & Klein, A. Z. (2015a). Educação Corporativa e desenvolvimento de lideranças em empresas multisite. RAC-Revista de Administração Contemporânea, 19(1), 84-106.

Moscardini, T., & Klein, A. Z. (2015b). Estratégias de educação corporativa e suas relações com os diferentes níveis de aprendizagem organizacional. Revista de Administração da Universidade Federal de Santa Maria, 8(1), 89-102.

Nascimento, T. P. C., & Esper, A. (2009). Evasão em cursos de educação continuada a distância: um estudo na Escola Nacional de Administração Pública. Revista do Serviço Público, 60(2), 159-173.

Oliveira, L. C., Leister, A. C. C. C., Oliveira, M. A., & Bueno, R. L. P. A. (2016). A capacitação de agentes públicos: O exemplo da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) com a introdução de um novo modelo de curso com elementos de jogos. Revista Organizações em Contexto, 12(23), 381-417.

Ozturan, M., & Kutlu, B. (2010). Employee satisfaction of corporate e-training programs. Procedia-Social and Behavioral Sciences, 2(2), 5561-5565.

Pang, K. (2009). Video-driven multimedia, web-based training in the corporate sector: Pedagogical equivalence and component effectiveness. The International Review of Research in Open and Distributed Learning, 10(3), 1-14.

Portal do Servidor Público Estatual Estadual-SC Poder Executivo. (2017). Recuperado em 19 de setembro de 2017. Disponível em: .

Richardson, R. J. (1999). Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas.

Ronchi, S. H., Ensslin, S. R., & Ensslin, L. (2012). Estruturação de um modelo Multicritério para avaliar o desempenho da tutoria de educação a distância. Revista Pretexto, 13(2), 57-75.

Sapper, M. A., & Coronel, D. A. (2016). A percepção dos servidores técnico-administrativos da UFSM, campus de Frederico Westphalen, quanto à efetividade dos cursos de capacitação da instituição na atividade laboral. Revista de Administração IMED, 6(1), 72-90.

Saraiva, L. A. S., & Andrade, M. M. M. (2010). Educação a distância e desenvolvimento de pessoas no setor de mineração: um estudo de caso em Minas Gerais. Gestão & Planejamento-G&P, 10(1), 72-88.

Slotte, V., & Herbert, A. (2006). Putting professional development online: integrating learning as productive activity. Journal of Workplace Learning, 18(4), 235-247.

Tasca, J. E., Ensslin, L., & Ensslin, S. R. (2012). A avaliação de programas de capacitação: um estudo de caso na administração pública. Revista de Administração Pública-RAP, 46(3), 647-675.

Teixeira, G., Stefano, S. R., & de Campos, E. A. R. (2015). E-learning, percepções sobre satisfação no treinamento a distância em instituição financeira: reação versus impacto. RACE-Revista de Administração, Contabilidade e Economia, 14(1), 225-250.

Valmorbida, S. M. I., Ensslin, S. R., Ensslin, L., & Ripoll-Feliu, V. M. (2014). Avaliação de Desempenho para auxílio na gestão de universidades públicas: análise da literatura para identificação de oportunidades de pesquisas. Contabilidade, Gestão e Governança, 17(3), 4-28.

Valmorbida, S. M. I., Ensslin, S. P. R., Ensslin, L., & Ripoll-Feliu, V. M. (2016). Rankings universitários mundiais. Que dizem os estudos internacionais?. REICE-Revista Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio en Educación, 14(2), 5-29.

Valmorbida, S. M. I., & Ensslin, S. R. (2017). Performance evaluation of university rankings: literature review and guidelines for future research. International Journal of Business Innovation and Research, 14(4), 479-501.

Vieira, E. M. F., Schuelter, G., Kern, V. M., & Alves, J. B. M. (2005). A Teoria Geral de Sistemas, Gestão do Conhecimento e Educação e Distância: Revisão e integração dos temas dentro das organizações. Revista de Ciências da Administração, 7(14), 1-13.

Wang, Y. S., Wang, H. Y., & Shee, D. Y. (2007). Measuring e-learning systems success in an organizational context: Scale development and validation. Computers in Human Behavior, 23(4), 1792-1808.

Weng, C., Tsai, C. C., & Weng, A. (2015). Social support as a neglected e-learning motivator affecting trainee’s decisions of continuous intentions of usage. Australasian Journal of Educational Technology, 31(2), 177-192.

Zouain, D. M., & Bittencourt, M. A. (2010). Escolas de Governo e a profissionalização do servidor público: Estudo dos casos da Escola de Serviço Público do Estado do Amazonas -ESPEA e da Fundação Escola de Serviço Público Municipal de Manaus-FESPM. Revista Adm. Made, 14(2), 75-94.


Full Text: PDF (Português (Brasil))

Refbacks

  • There are currently no refbacks.




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Iberoamerican Journal of Strategic Management  e-ISSN: 2176-0756