EFEITOS DO GÊNERO SOBRE A DECISÃO DE CONTRATAÇÃO E PROMOÇÃO DE LÍDERES

Amanda Marques Ramos, Bruno Félix

Abstract


Nos últimos anos, o mercado de trabalho vem presenciando um crescimento na participação feminina em posições de liderança, ainda que com uma participação pouco representativa. Para explicar esse fenômeno, alguns teóricos defendem a ideia de que as mulheres são preteridas não por um julgamento estereotipado e preconceituoso, mas sim, racional, em função dos custos sociais que a mulher enfrenta em razão de sua posição de mãe e esposa. Visando aprofundar a discussão sobre o tema, esta pesquisa se apresenta com o objetivo de analisar os efeitos das diferenças de gênero nas decisões de emprego. Para tal, foi desenvolvido um estudo com um design de experimento, que contou com a participação de 202 profissionais que interpretaram o papel de selecionadores. Os resultados revelaram que, em comparação à candidata mulher para uma vaga de emprego para o nível de liderança, o candidato homem foi mais bem avaliado em termos de adequação ao cargo, probabilidade de contratação e promoção. Além disso, foi considerado como mais competente e menos cordial. Assim, sugere-se que organizações dediquem maior atenção a processos que envolvem a carreira de mulheres em organizações, uma vez que tais decisões, quando enviesadas, podem levar organizações a escolhas não racionais. Além disso, faz-se necessário rever o argumento de que mulheres seriam preteridas em termos de escolhas de emprego necessariamente em razão de fatores racionais, como a maternidade.


Keywords


Mulher; Desfavorecimento; Gênero; Liderança; Experimento.

Refbacks

  • There are currently no refbacks.




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Iberoamerican Journal of Strategic Management  e-ISSN: 2176-0756